RECEBA TODA SEMANA NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Desafios na gestão de clínicas médicas: saiba quais são

Publicado em 02/06/2018

   O sucesso de qualquer empreendimento depende de uma boa gestão e no segmento da saúde não é diferente. Gerenciar uma clínica não é uma tarefa fácil, são várias responsabilidades simultâneas que exigem muita atenção, tais como controle dos gastos, organização de agendas, relacionamento com os pacientes, entre tantos outros desafios na gestão de clínicas médicas que colaboram para uma gestão eficiente.

   É preciso um bom planejamento para que o gestor possa descobrir quais fatores estão impossibilitando o melhor desempenho, bem como conhecer quais ações podem ser efetivadas para fazer com que os pacientes retornem à clínica.

Desafios na gestão de clínicas médicas

Desafios na gestão de clínicas médicas: saiba quais são

 Vejamos quais são os maiores desafios da gestão de clínicas e quais são as ações que devem ser tomadas para solucioná-los. Confira:

Retenha os melhores talentos

   A alta rotatividade de pessoal dentro das clínicas pode ter um grande impacto sobre as receitas e os resultados do negócio. Além disso, recrutar e reter os melhores talentos para compor a equipe nem sempre é tão simples.

   Um atendimento de qualidade tem relação direta com a satisfação e motivação dos funcionários. Da mesma forma, uma equipe capacitada e qualificada é a peça-chave para melhorar as tarefas operacionais da clínica e alcançar a satisfação dos pacientes.

   Assim, realizar uma gestão de pessoal adequada é fundamental para o bom funcionamento do ambiente de trabalho e, principalmente, para fidelizar e conquistar os usuários dos serviços. Por isso, manter uma política de incentivos e salários competitivos pode ter grande impacto na motivação dos colaboradores, os quais passam a produzir mais em menos tempo.

Mantenha organizados os dados da clínica

   Uma clínica lida diariamente com um grande volume de informações: dados de pacientes, datas e horários, imagens de procedimentos, requisições de atendimento, folha de pagamento dos funcionários, entre outros. Quando não mantidos organizados, os documentos se acumulam rapidamente e a possibilidade de se perderem ou até mesmo de alguma informação ser  erroneamente repassada ao paciente é muito grande.

   Em vista disso, a maneira mais fácil de organizar e controlar todas as informações da clínica é a adoção de um sistema online, o qual evita que centenas de folhas de papel sejam utilizadas, diminuindo, portanto, o risco de perder ou deixar extraviar qualquer tipo de dado.

Teste Grátis

Sistematize a agenda

   Manter a agenda sistematizada ajuda a inteirar-se exatamente sobre quais são os compromissos assumidos com os pacientes, além de conservar uma organização mais eficiente da rotina operacional, levando em consideração sempre um atendimento humanizado e de qualidade.

   Agendas de papel ou anotações em folhas avulsas nem sempre mantêm as informações organizadas. Desse modo, o uso de agendas virtuais pode suprir todas as demandas de registro das operações da clínica, mantendo todos os dados no ambiente virtual.

   Para a clínica representa uma grande vantagem, uma vez que se passa a ter um controle rígido de todas as informações do paciente, dos profissionais e do tempo trabalhado. Além disso, ao adotar um sistema automatizado de registro pode-se evitar certos procedimentos que tendem a ser repetitivos, como anotar os contatos dos pacientes e verificar qual a disponibilidade de horário imediatamente – sem precisar deixar o paciente esperando no telefone para verificar folha a folha a agenda.

   Ao adotar uma agenda virtual é possível acessar de qualquer lugar e a qualquer hora as informações dos pacientes e dos funcionários.

Desafios na gestão de clínicas médicas – Conclusão

   A resistência às novas tecnologias é um cenário encontrado em muitas clínicas. Mas adaptar-se a elas se faz cada vez mais necessário, seja para aperfeiçoar a rotina de trabalho ou até mesmo para se adequar a um novo cargo que exija seu uso.

   Tendo isso em mente, é preciso tornar a adaptação a mais transparente e natural possível, oferecendo treinamentos que visem a demonstrar as novas funcionalidades e a real importância da informatização das práticas operacionais. Ademais, o funcionário precisa saber qual papel a automatização dos processos possui, bem como no que a tecnologia vai ajudar:  melhorar o desempenho, aumentar os resultados ou manter maior qualidade das atividades. Tendo em mente os desafios na gestão de clínicas médicas, desejo boa sorte para por todas as dicas em prática.

   Nosso post foi útil? Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco ou deixe seu comentário logo abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *